Sobradinho Creperia

Local: na Mipibú, 684, quase na esquina com a Afonso Pena, na esquina oposta ao Agaricus, Petrópolis.

Telefone: (84) 3201-2680

Horário: de terça-feira a sábado, das 18hs até às 23:59 e domingo até às 22:59 (sério, é assim que tem no cardápio).

Estacionamento: só na rua, sem flanelinha mas com segurança


Melhor foto de fachada que eu já tirei.

Melhor foto de fachada que eu já tirei.

Eu gostei muito desse lugar, mas mais pelo ambiente do que pela comida.
Não é o melhor crepe de Natal mas é um lugar para ir se sentir bem. Os garçons são atenciosos e bem treinados e a decoração do lugar é muito boa.

São na verdade três ambientes distintos, começando com umas cadeiras na calçada (vistas na foto acima, que cresce quando clicada), uma parte média com cadeiras de verdade (em madeira, bem confortáveis) e vários quadros de artistas potiguares e gaúchos (que explicarei no próximo parágrafo, continue lendo) e um salão interno, com ar condicionado e várias prateleiras com objetos antigos como telefones de discar e vitrolas, servindo de decoração (eu gostei, mas não acho que seja para todos os gostos). Há também um cantinho com duas poltronas e vários livros numa estante que eles chamam de “minibiblioteca”, recheada de obras sul- e norte-riograndenses.

Agora, a explicação: o restaurante é de duas sócias, uma natalense e uma santa-rosense (cidade do noroeste do RS) que decidiram fazer algo diferente e homenagear seus conterrâneos famosos tanto nos nomes dos pratos quanto nas fotos das paredes (e ainda em algumas mesas com breves históricos).
Eu achei interessante e é certamente diferente dos outros estabelecimentos que frequento normalmente.

Pois é, também achei fino demais.

Pois é, também achei fino demais.

Eu achei caro. Dois crepes, uma sobremesa, uma cerveja e um refrigerante sairam por R$52.
É possível também pedir massas e saladas variadas, mas acho que todo mundo vai lá comer crepe, sendo uma creperia.
Quero voltar lá para comer um filé que não lembro agora o nome (Yamandu Costa, eu acho) mas que pareceu ser bom impresso e talvez cubra o buraco deixado pela decepção do crepe (novamente, é muito bom, mas há melhores).

Todas as quintas-feiras o restaurante funciona também como piano-bar, das sete e meia às dez e meia da noite.
Não gosto de piano-bar. Me faz lembrar um dia que me engasguei com um caroço de azeitona.

Cheguei lá pouco antes das dez e me deparei com um restaurante vazio, mas enquanto comia chegaram três casais. O povo lá vai tarde, me deu impressão.
O que me faz estranhar que um lugar assim feche tão cedo.
Mas o dono da Sorveteria Tropical disse que “sorvete de café sai pouco”, então eu não duvido mais nada desses natalenses loucos e seus hábitos estranhos.

Minha dica: aniversariante come de graça.
Obviamente há alguns critérios (acho que pelo menos dois pratos precisam ser pedidos), mas no cardápio está claro: “no seu aniversário, você come de graça”.

Anúncios

Uma resposta para “Sobradinho Creperia

  1. vou lá hj. ae comento depois.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s